ACESSO
RESTRITO
  • Banner

Você está aqui:

  • julho 2018

Arquivado para julho, 2018

Pinheiros: Articulação de Givaldo garante implantação de poços artesianos em assentamentos

Foram inciadas, nesta semana, pela Prefeitura de Pinheiros, as obras de perfuração de poços artesianos nos assentamentos Maria Olinda e Olinda 02. Esta, de acordo com lideranças das localidades, é uma demanda antiga das famílias assentadas, principalmente das mulheres, que reivindicavam a disponibilização de água potável principalmente para o preparo de refeições e consumo diário.

Esta conquista teve o apoio do mandato do deputado federal Givaldo Vieira, que solicitou, em março deste ano, ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), intervenções para reduzir impactos da falta d´água em assentamentos dos municípios de Pinheiros, Conceição da Barra, Pedro Canário, Mucurici e Montanha.

Para Givaldo, o mandato de deputado federal tem de funcionar como uma ponte entre as pessoas que mais precisam e as instâncias responsáveis pela execução de obras e serviços públicos.

“Trabalhamos como prioridade o apoio aos trabalhadores e trabalhadoras que dependem de apoio do poder público, a exemplo das famílias assentadas, acampadas e de pequenos agricultores. O Norte do Estado tem sofrido muito com a crise hídrica e é uma demanda que acompanho de perto desde quando fui vice-governador na gestão de Renato Casagrande. Vamos continuar nos empenhando para que mais assentamentos sejam contemplados, pois água potável é também sinônimo de dignidade para as pessoas”, afirma o deputado federal.

Para fortalecer a produção agrícola das famílias assentadas de Pinheiros, Givaldo garantiu, em 2017, recursos para a compra de um trator com grade aradora, carreta agrícola de pneus e sulcador. Destinados por emenda parlamentar no valor de R$ 140 mil, já estão pagos e o processo tramita para que seja feita, em breve, a compra do maquinário.

Histórico

No dia 28 de março deste ano, o assessor do deputado Givaldo, Max Mauro Ferraz, se reuniu com o superintendente estadual do Incra, José Alves Rodrigues Filho, na sede do órgão, ao lado de lideranças dos assentamentos pinheirenses, para oficializar a solicitação das obras dos poços artesianos, por meio de projeto hídrico do Incra. Desde então, Givaldo e sua equipe mantiveram-se dedicados ao pleito, em diálogo com representantes do Maria Olinda e Olinda 02 e do Instituto, para que os pedidos fossem atendidos em benefício, no caso desdes dois assentamentos, de 327 pessoas.

Givaldo denuncia medidas provisórias de Temer que prejudicam agricultores familiares

Em audiência pública sobre a Análise dos Impactos das Medidas Provisórias 839 e 842 para Agricultura Familiar, realizada nesta quarta-feira (11), em Brasília, o deputado federal Givaldo Vieira (PcdoB-ES) somou-se mais uma vez ao empenho da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) para barrar as MPs do Governo Temer que prejudicam o pequeno produtor. Os novos textos impedem uma justa renegociação das dívidas rurais no âmbito de operações de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Em pronunciamento, Givaldo afirmou que a Medida Provisória 839, principalmente, explicita que este governo é mesmo voltado para os elites e só faz cobrar dos mais pobres, dos pequenos trabalhadores do campo e da cidade.

Recebi, neste primeiro mandato, mais de 500 representantes dos trabalhadores rurais do Espírito Santo e mais de 200 do Leste de Minas para atuarmos juntos, em reuniões nos ministérios e no Congresso, pela renegociação das dívidas rurais causadas pela seca, mas, mesmo após muito empenho nosso, não houve sensibilidade do governo Temer para resolver a questão. Por outro lado, este mesmo governo faz agrado bilionário à bancada ruralista – os representantes dos grandes latifundiários e desmatadores do país – com parcelamento de dívidas do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), diminuição da alíquota de contribuição previdenciária dos produtores rurais e tantas outras concessões que colocam em risco a proteção ambiental brasileira”, salientou.

Givaldo Vieira destacou, ainda, o protagonismo da diretoria da Contag e das federações estaduais, a exemplo da Fetaes, na resistência contra a Reforma da Previdência e a importância para que as mobilizações nas ruas e diálogo junto aos parlamentares sejam mantidas para que as propostas sejam rejeitadas imediatamente no Congresso Nacional.

Leia na íntegra a MP 842/2018, a Lei 13.340/2016 e a Lei 13.606/2018.

#GivaldoPeloES: Marilândia

Seguindo a linha que adota desde quando foi vice-governador do Estado na gestão Casagrande – a de visitas semanais aos municípios do interior e apoio às demandas dos moradores -, o deputado federal Givaldo Vieira (PCdoB) tem contribuído com o desenvolvimento de Marilândia. Além de defender os direitos dos trabalhadores do campo e da cidade em discursos e votações no Congresso Nacional, Givaldo atua fortemente na destinação de recursos por meio das emendas parlamentares as quais têm direito de indicar no Orçamento do Governo Federal.

Pá carregadeira entregue

Para melhorar as condições de trabalho de todos os agricultores familiares de Marilândia, a partir da conservação de estradas vicinais permitindo o escoamento da produção agrícola, Givaldo garantiu ao município uma pá carregadeira, a partir de emenda parlamentar no valor de R$ 250 mil.
Com a intenção de fortalecer ainda mais a agricultura familiar marilandense, Givaldo Vieira assegurou, no Orçamento do Governo Federal de 2018, recursos na ordem de R$ 120 mil que serão utilizados para a compra de um caminhão com carroceria de madeira, ideal para o transporte e comercialização de alimentos.

Camara
Governo
PCdoB
PCdoB na Câmara
GABINETE
BRASÍLIA / DF
Anexo IV, Gabinete 805 - CEP 70160-900
Fones: (61) 3215-5805/3805
Fax: (61) 3215-2805
dep.givaldovieira@camara.leg.br
GABINETE
SERRA / ES
Av. Eldes Scherrer Souza, 2230
Salas 809/810 - Colina de Laranjeiras
CEP 29167-080
agenda.deputadogivaldo@gmail.com